Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Simply Portugal

Who Run the World? Girls!

Simply Portugal

Who Run the World? Girls!

Festival IN

Ontem tive tão caladinha por aqui porque estive no Festival IN- Inovação e Criatividade na FIL.

Para quem não sabe este festival  é um evento que integra, de forma prática, dinâmica e consequente, os principais conceitos associados à criatividade e à inovação. Apresenta-se como um evento absolutamente inovador, ancorando experiências sensoriais (interacções físicas e virtuais), cruzadas com diferentes áreas das Indústrias Criativas (Cultura, Artes, Multimédia, Telecoms e Tecnologias da Informação e Comunicação).
É um espaço que envolve pessoas, ideias e experiências e que promove, nacional e internacionalmente, o que Portugal tem de mais criativo impulsionando, os seus autores, criadores e empreendedores, a uma escala mundial. A organização do Festival IN é da responsabilidade da Fundação AIP e a primeira edição do Festival IN realiza-se na FIL – Feira Internacional de Lisboa, entre 14 e 17 de Novembro de 2013. Ou seja, têm até hoje para visitar e acreditem que vale mesma a pena.

 

Tive a oportunidade de conhecer empresas portuguesas, conhecer novos projectos, e o que andam por aí a fazer os nossos criativos. Fiquei muito contente com o que vi, com o grau de empenho de tantos portugueses, com a sua luta e criatividade pela qualidade, design e nome português. Foi, realmente, um orgulho ver tantas pessoas com tão boas ideias, com tanta criatividade e dinamismo, sem medos de arriscar e de cabeça erguida.




No dia de ontem, entrei pelo último pavilhão onde me deparei com a área dos museus. Tantos museus que desconhecemos, tanta coisa bonita que muitas vezes só os turistas estrangeiros é que vêem. Fui ao "stand" no Museu de Viana de Castelo, onde se encontravam têxteis e loiças característicos da região. As duas pessoas que lá se encontravam foram de um disponibilidade imediata para o esclarecimento do que se encontrava ali exposto e de qualquer dúvida que tivesse. Posso-vos dizer que fiquei maravilhada com o bordado, estava realmente espectacular.

 

 

De seguida, visitei o "stand" da Fasm, este projecto é fundado pelo  Filipe de Sousa Lopes e pelo Manuel Moreira, que em 2011 decidiram-se juntar para abrir um atelier no qual desenvolvem projectos de arquitectura e design. Neste seguimento surge a fasm, vocacionada para a área do mobiliário e design de produto. Em 2013, a fasm começa a ser reconhecida nacional e internacionalmente, onde foi já seleccionada para a 5ª Edição do POPs (Projectos Originais Portugueses), que decorreu no Museu Serralves e, ainda para o Internacional Products Design Awords. 
Deixem que vos diga que fiquei apaixonada e maravilhada com este cadeirão, simplesmente, magnifico.

Depois de tão maravilhada que estava com o cadeirão da Fasm, passei para o Mundo Cork, um mundo que me deixou realmente de boca aberta pela qualidade, originalidade e diversidade de produtos que apresenta. A Sra. Paula é realmente um amor de pessoa e ainda tivemos ali uns bons minutos à conversa. Contou-me que foi professora de belas artes durante muitos anos, que ensinava os seus alunos a trabalharem com diversos materiais, nomadamente a cortiça, e que depois decidiu ser ela a fazer o que de melhor faz, design em cortiça. O resultado é mais que bom, é um excelente com "e" grande. A diversidade de produtos é imensa e a utilização variada dos mesmo também. Desde malas e acessórios de senhora, passando para acessórios para transportar e servir vinho e, o meu preferido, um saco de bebé. É um saco versátil, que tanto dá para levar as coisas do bebé, como para mudar as fraldas, como também para colocar o bebé a brincar num jardim, e quando este crescer não se arruma o saco numa prateleira, pois dobra-se e faz de puf.
A originalidade é o que impera nesta empresa e a versatilidade de produtos não fica atrás. Para vos ser sincera, nunca vi tanto acessório com tanta versatilidade. Parabéns Sra. Paula!
Para terem mais informações podem visitar a página do facebbok, https://www.facebook.com/mundocorkcolletion, onde encontram a maior parte dos artigos para venda.
Outra marca que me deixou deslumbrada foi a Idict. A Idict é uma marca de joalharia sustentável feita a partir de material reutilizado conjugado com materiais convencionais. Neste projecto a política dos 3 R's (Redução, Reutilização e Reciclagem) é levada muito a sério, pois a partir de plástico pet e papel de revistas desactualizadas , conjugadas numa técnica inovadora, são criadas peças divertidas, cheias de cor e bom gosto!
Para além disso, todas as peças são diferentes, não são repetidas as imagens, todas as peças são únicas e muito originais. A Anabela Marques é a grande responsável por este projecto inovador, ecológico e original. 
Meninas imaginem-se a terem peças lindíssimas, ecológicas e únicas... é realmente fantástico. Os preços são bastante acessíveis e a qualidade é suprema. Fiquei de imediato apaixonada por este colar, que apenas custa 35€. Acreditem que para todo o trabalho, originalidade, conceito e exclusividade é um colar bastante acessível e barato, já para não falar na vista e no furor que faz. Podem seguir e encomendar os trabalho da Idict na sua página do facebook, https://www.facebook.com/pages/Idict-by-Anabela-Marques/256519684373529. Parabéns, Anabela!

E não é que encontrei a banca do Ponto Condensado, que já tínhamos falado aqui no post "Chocolate, doce chocolate", com todos aqueles brigadeiros de fazerem escorrer baba. Ah pois é gulosos, se forem ao Festival IN passem por lá, babem-se e comam muitos, que eu infelizmente não pude comer nenhum, é o que dá arrancar sisos antes de um eventos destes.
Portanto, fiquei só pela baba!
Depois de tanta baba, fiquei ainda a babar-me mais no stand Boaboca. Este projecto nasceu em Évora em 2004 e tem como missão, além de fazer crescer baba na boca das pessoas, divulgar os produtos artesanais portugueses num packaging de excelência. Tem o conceito de "Food+Design". Concebendo e comercializando produtos gourmet que são distribuídos para várias lojas gourmet, lojas de design e hotéis em Portugal e também em alguns países. Podem seguir todas as novidades deste projecto na sua página do Fecebook, https://www.facebook.com/pages/Boa-Boca-Gourmet/114052350880.
Deixem que vos diga que todo o pessoal deste projecto é super simpático e acessível, podem falar directamente com eles para mais informações de encomenda dos seus produtos. Só olhar para as embalagens dá vontade de comer.






E não é que encontramos a Rutz?!?!
É verdade! Mas, infelizmente para mim, não consegui falar com ninguém da Rutz, pois estavam tantas pessoas no seus "stand" que era impossível poderem falar um pouco comigo. As exposição estava magnifica, com os seus modelos lindos de morrer.


O festival tem muito para visitar e ver, desde espectáculos, conferencias e "stands". Aproveitem o dia de hoje para irem lá, divertirem-se e conhecer o que de melhor se faz em Portugal a nível da inovação e criatividade.
Até lá!
É uma marca portuguesa com certeza!